quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Luzes

Amo Leminski!!!!!!!!!!!!!!!!!

Gostava, depois me apaixonei e o aprendizado me fez amá-lo
com todas as forças,
as imperfeições...
as palavras,
os sentidos,
as interpretações,
a inteligência,
enfim
o ser completo.

"Acende a lâmpada
seis hora da tarde,
acende a luz dos lampiões.
Inflame a chama dos salões,
Focos de línguas dos dragões,
Vaga-lumes numa nuvem de poeira de neon,
tudo claro,
tudo claro,
a noite assim que é bom.
A luz acesa na janela lá de casa,
o fogo, o foco lá no beco e um farol
essa noite, essa noite vai ter sol"

(Paulo Leminski, musicado por Arnaldo Antunes)

2 comentários:

Isa Lorena disse...

Ah, eu também adoro. "Isso de querer ser exatamente o que a gente é ainda vai nos levar além". Adoro. sempre grandes descobertas com ele...

palavraseessencias disse...

oLá Amei essas palavras cheias de poesia!!! seguindo seu blog , conheça o meu , se gostar segue ok? abçs!